Padre Cícero

Padre Cícero

Nasceu Cícero Romão Batista, na cidade do Crato dia 24 de março de 1844.

As mazelas que atingia os Estados diretamente envolvidos na guerra também alcançou outros países que tinham a economia dependente das nações européias. O Brasil, que entre 1898 e 1919 teve sua política marcada pelas oligarquias cafeeiras era um deles. Durante a Primeira Guerra mundial a economia brasileira dependia do mercado externo, e a crise que enfrentou foi bastante séria.

Com a guerra, houve alterações no comércio internacional, e foram formadas as grandes organizações financeiras que passaram a atuar no comércio de café. Organizações como a Lazard Brothers em Londres adquiriram grande papel e acabaram por intensificar a influência do capital estrangeiro sobre a economia brasileira. Para amenizar tais efeitos fol criado o Instituto do Café que controlava o comércio exportador do produto - o café brasileiro abrangia 60% do consumo mundial.

O Instituto tinha como objetivo principal regular as entregas feitas ao mercado e manter o equilíbrio entre oferta a demanda, além de manter o café, em preço que lhe aprouvesse, sendo posssível, inclusive, forçar altas artificiais. Embora a produção cafeeira estivesse em alta, as exportações haviam diminuido e, simutaneamente, as receitas alfandegárias do governo, que reagiu aumentando os impostos.

Com isso, vieram a carestia e o aumento do desemprego e piores condições de trabalho. Estimativas apontam uma defasagem de mais de 100% com relação ao custo de vida nesse período. Os movimentos operários organizaram inúmeras greves, sendo a paralisação geral de 1917 a mais importante delas.

As revoltas populares não ocorriam apenas nas fábricas dos centros urbanos brasileiros. O governo do Marechal Hermes da Fonseca (1910-1914), por exemplo, testemunhou verdadeiras convulsões socias em outras regiões do país, como a Revolta da Chibata e a Revolta do Juazeiro. A última foi um conflito armado, liderado pelo Padre Cícero Romão Batista, entre as oligarquias do Ceará e o governo federal.

O religioso era extremamente querido pela populacão pobre do sertão nordestino, que julgava ser a transformacão da cidade em um centro de romaria, policultura e artesanato fruto de um milagre do "padim Ciço", que se tornara prefeito de Juazeiro em 1911 e tinha fortes ligações com os olígarcas da região.

Quando o candidato do Hermes da Fonseca ao governo do estado do Ceará, Franco Rabelo, venceu o representante dos olígarcas, os sertanejos de padre Cícero cercaram Fortaleza, obrigando Rabelo a renunciar. A revolta marcava, portanto, o poder exercido pelas oligarquias na política do país.

Quando o presidente Venceslau Bras assinou, em 1911, a declaração de guerra contra a Alemanha, o governo teve novos, e mais eficazes, meios do reprimir os motins populares por todo o país. Sob o pretexto da guerra. O estado de sítio decretado em 17 de novembro tinha, na verdade, o objetivo de por um fim às revoltas e greves, proibindo os comícios operários e prendendo os líderes populares.