Coisas do Ceará

Lauro Maia

Lauro Maia Teles nasceu em Fortaleza em 6 de novembro de 1913 e faleceu no Rio de Janeiro em 5 de janeiro de 1950. Foi um compositor, arranjador e instrumentista, figura maior no campo da pesquisa musical folclórica. O cearense que criou o "balanceio". Pelo lado materno, era sobrinho-neto do Barão de Camocim.

Lauro ensaiou seus primeiros passos como músico e compositor no piano da mãe e foi dela que o garoto recebeu as primeiras aulas de teoria musical. Com apenas 13 anos, começou a apresentar-se, tocando piano no Cine-Teatro Majestic, em Fortaleza.

Em 1935 começou a trabalhar na Ceará Rádio Clube (1935/1941) dirigindo o programa "Lauro Maia e Seu Ritmo".

Em 1944 frequentou a Faculdade de Direito vindo a abandoná-la mais tarde.

Em 1945, casado com Djanira Teixeira, irmã de Humberto Teixeira, transferiu-se para o Rio de Janeiro, vivendo exclusivamente de suas composições, já consagradas na época pelos maiores nomes da música. Ainda em 1945, foi contratado pela Rádio Tupi.

Faleceu prematuramente, com 37 anos e dois meses, vítima de tuberculose, no Rio de Janeiro.

Composições de Lauro Maia:
Trem de ferro
Febre de amor (Lauro Maia)
Escapei (Lauro Maia)
Bati na porta (Lauro Maia e Humberto Teixeira)
Prova de fogo (Lauro Maia)
Gosto mais do swing (Lauro Maia)
Fan ran fun fan (Lauro Maia)
Poema imortal (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
Chega, chega chegadinho (Lauro Maia)
Deus me perdoe (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
Quando dois destinos divergem (Lauro Maia)
Faísca (Lauro Maia/Penélope)
Seu erro não tem perdão (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
Cachimbo de barro (Lauro Maia)
Tão fácil tão vom (Lauro Maia)
Eu vi um leão (Lauro Maia)
Samba de roça (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
É muito tarde (Lauro Maia)
Taboleiro D'areia (Lauro Maia)
Mariposa (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
Bate com o pé no chão (Lauro Maia)
Olha o gato (Lauro Maia)
Tenha dó de mim (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
Eu vou até de manhã (Lauro Maia)
Tá quente, Sabina (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
Xô, Peruí (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
Trem ô lá lá (Lauro Maia/Humberto Teixeira)
Saudades do Cariri (instrumental) (Lauro Maia)


1. A Marcha do Balanceio (com Joel e Gaúcho)

2. Escapei (com Falcão)

3. Poema Imortal (com Ednardo)

4. Prova de Fogo (com Calé Alencar)

5. Tão Fácil, Tão Bom (com Calé Alencar)

6. Trem de Ferro (com Claudette Soares)